Acredite, variadas personalidades e pessoas diferentes podem contribuir de diversas formas no ambiente do condomínio, basta saber entender suas particularidades. Saiba respeitar essas diferenças, procurando assimilar de cada condômino suas verdadeiras intenções e seus interesses nas demandas, pode ajudar bastante  o sindico a separar a mera implicância da real vontade de solucionar problemas. Extraia o que cada condômino tem de melhor e use isso a seu favor. Mesmo quando lidamos com alguém que não nos agrada, ou que já nos trouxe diversos aborrecimentos, é preciso ser tolerante e paciente para que o relacionamento interpessoal no condomínio não seja prejudicado, e que problemas simples sejam potencializados por falta de percepção na interpretação do caso.